É comum jogarmos fora as embalagens e talheres plásticos usados em uma refeição rápida fora de casa, já que, na maioria das vezes, os alimentos são servidos em recipientes descartáveis.

Algumas criações inovadoras no mercado prometem deixar essas refeições mais sustentáveis, por meio da reutilização e até compartilhamento. Dá uma olhada:

 

O plástico é uma opção fácil e conveniente de usar, mas os descartáveis se acumulam e geram crescentes problemas ao meio ambiente.

Em média, 300 milhões de toneladas de plásticos são produzidos no mundo todo a cada ano, sendo que metade é de uso único. A fabricação desse material requer combustíveis fósseis e, ao contrário de materiais orgânicos como madeira e papel,ele não é biodegradável (com exceção de uma parcela minúscula de bioplásticos projetados para serem compostados).

Alguns produtos químicos adicionados aos plásticos são absorvidos pelo corpo humano, criando uma série de possíveis problemas de saúde. Além disso, mais de 180 espécies de aves, mamíferos marinhos e outros animais foram documentados como tendo ingerido detritos plásticos.

Com projetos engenhosos, cidadãos ao redor do mundo estão criando opções mais sustentáveis, transformando a forma como comemos. Felizmente, as melhores soluções já podem ser utilizadas, pelo menos no país de origem. Aqui estão três soluções para repensar a maneira como você come quando não está em casa:

 

1- Descartável comestível

 

 

Apesar das nossas melhores intenções de reciclar ou eliminar adequadamente os plásticos, a maioria dessas embalagens nunca chegam aos sistemas de coleta, ao invés disso, chegam até a natureza e sobrecarregam oceanos e ruas da cidade. Os que são coletados, só contribuem com o volume transbordantes dos aterros sanitários.

Alguns designers estão oferecendo alternativas saborosas para embalagens plásticas. Esse é o caso da Bakeys, uma empresa indiana que fabrica colheres com diferentes tipos de farinha (milho, arroz e trigo). Os talheres fabricados podem ser facilmente comidos ou jogados para se decompor. Com uma vida útil de três anos, possui sabores doces e salgados. Segundo o criador Narayana Peesapaty, as colheres são saborosas, divertidas, nutritivas e, acima de tudo, amigas do meio ambiente.

Por adquirir matérias-primas diretamente dos agricultores, a empresa consegue alcançar maior economia na venda em grande  escala. Ela garante que o preço dos talheres seja competitivo com as opções de plásticos descartáveis. Hoje, 100 colheres comestíveis são vendidas aos varejisas por pouco mais de $ 3 dólares.

 

E quanto ao desperdício de plástico para fabricar iogurte? 

 

 

A Stonyfield, uma empresa fabricante de iogurte orgânico, está introduzindo pérolas de iogurte congeladas, que são envoltas em um filme natural comestível. Atualmente está trabalhando com varejistas para encontrar uma maneira de vender este produto exclusivo em massa, sem a necessidade de embalagens plásticas.

A arquiteta e designer Kostantia Manthou, da Itália, criou outro tipo de recipiente de alimentos comestíveis, o Kira, que representa uma abordagem ecológica para o transporte de alimentos. Os potes comestíveis, feitos de pão, não só eliminam a embalagem plástica, mas também evitam a necessidade de utensílios, uma vez que sua tampa pode ser dividida em triângulos e utilizada como colher. Esta abordagem também propaga a partilha de alimentos, que tem um profundo significado cultural. O uso mais comum desses recipientes é para refeições ao ar livre, piqueniques e pausas de almoço. Quando empilhados, eles formam uma torre de pão comestível que pode ser convenientemente embrulhada e transportada.

 

 

2- Descartável compartilhável

 

Igualmente problemáticos são os copos de isopor, difíceis de reciclar por causa da baixa demanda por seu material reciclado.

 

 

O programa piloto Good To Go , um projeto da equipe DO-school em colaboração com a Brooklyn Roasting Company , criou um sistema onde os clientes podem usar os reutilizáveis para suas bebidas. Pessoas que trazem os copos Good To Go, que então são esterilizados para o próximo cliente, recebem um desconto na próxima bebida. Como um incentivo adicional, estão trabalhando na introdução de uma faixa  de atendimento rápido para os clientes que usam os copos.

Em outra iniciativa, a Nova York Vessel oferece canecas de aço inoxidável para ajudar a alcançar os objetivos do Desperdício Zero, em NYC, que promete eliminar o envio de resíduos à aterros até 2.030.

 

 

O Vessel funciona como uma biblioteca gratuita onde os clientes podem se inscrever e obter suas bebidas em copos de alumínio, ao invés das versões de papel e plástico, e leva-los para onde quiser até que tome sua bebida. Após o uso, os copos podem ser devolvidos em lixeiras de outros estabelecimentos participantes, que serão limpos e reutilizados.

 

3- Redução do uso de descartáveis

 

Embora esta solução seja menos emocionante, ainda é a sua melhor aposta, já que no Brasil não temos nenhuma inovação similar as mostradas aqui. Em vez de usar descartáveis, traga seus próprios talheres, potes e canecas reutilizáveis. Comece por substituir plásticos em locais onde você come frequentemente – em seu escritório, escola ou em praças de alimentação. Leve seus próprios utensílios ​​quando sair para tomar café ou para o intervalo de almoço, e incentive seus colegas de trabalho a fazerem o mesmo. Coloque talheres reutilizáveis ​​em sua bolsa e faça deste um hábito cotidiano, como trazer sua carteira ou celular.

 

 

Pode levar tempo para acostumar com esta prática em sua rotina diária, mas uma vez que o hábito é formado, terá um benefício duradouro. Imagine os montes de lixo de plástico que você pode ajudar a reduzir!

 

Fazendo a diferença

A necessidade de reduzir a poluição por plásticos é clara. Sempre que possível, tente usar menos materiais plásticos e descartáveis para evitar o desperdício e o esgotamento dos recursos naturais da Terra.

Na próxima vez que você pegar um café ou comer fora, expresse a sua preferência por recipientes para viagem ecológicos, evitando o uso de isopor e plástico. Se na hora, você não tiver um recipiente reutilizável, use guardanapos de papel ou peça papel alumínio em vez de usar o de plástico.

Tire o máximo de proveito de recipientes reutilizáveis. Os esforços individuais podem fazer toda a diferença. Juntos, podemos criar demanda por soluções sustentáveis.

 

Via: World Watch Institute