como-combater-a-poluição

 

A poluição é a degradação ou destruição das características naturais do meio ambiente, seja ela física química ou biológica. Geralmente ocasionada pelas ações dos homens, através da introdução ou remoção de substâncias que prejudicam natureza, causando danos à saúde humana, aos seres vivos e, consequentemente, a todo o ecossistema.

 

Os principais tipos de poluição:

 

Poluição atmosférica

A poluição atmosférica é medida pela quantidade de substâncias presentes no ar, cujo volume ofereça danos á saúde humana, fauna e flora. Essas substâncias são provenientes da grande variedade processos industriais e principalmente pela queima de combustíveis, emitidos por veículos automotores. A criação de animais, a agricultura e o desmatamento também contribuem significativamente com a emissão de poluentes no ar.

A poluição do ar está entre as principais causas ambientais de câncer de pulmão, mostra o estudo da ONU. Entre os principais efeitos á saúde incluem: câncer respiratório, inflamação dos pulmões, agravamento dos sintomas de asmas e aumento de internações hospitalares podendo levar à morte.

 

Poluição hídrica

Indústrias que utilizam grandes quantidades de água em seus processos industriais tem maior potencial de poluir cursos de água através da descarga de seus resíduos em córregos e rios. A exploração petrolífera e seus métodos de eliminação de resíduos e a disposição inadequada de lixo também estão entre as principais causas. Além disso, práticas como a disposição inadequada de lixo também são responsáveis pela poluição hídrica.

A água é essencial para o sustento e o crescimento dos seres humanos, bem como de todos os animais e plantas. A má qualidade da água poluída facilita a transmissão de doenças, responsáveis por causar inúmeras mortes. Dentre as principais doenças transmitidas pela água estão a diarreia infecciosa e a cólera, doenças que atingem principalmente as crianças.

 

Poluição do solo

A poluição do solo ocorre devido à disposição inadequada de resíduos químicos, que na maioria dos casos, são provenientes de processos industriais. Os aterros de lixos também estão entre as causas, pois são cheios de toxinas e substancias químicas que se infiltram no solo, contaminando-o. Além disso, existem as atividades agrícolas, que utilizam fertilizantes altamente tóxicos para espantar insetos e pragas, como consequência, essas substâncias atingem o solo, reduzindo sua qualidade e fertilidade.

O acumulo de compostos químicos no solo torna-se um efeito adverso sobre o crescimento de plantas e indiretamente afeta a saúde dos seres humanos também. O contato direto e indireto podem desencadear diversas doenças, dentre elas podemos citar: câncer no sangue, doenças renais e hepáticas, malária, cólera e diarreia, além de poder afetar o sistema neurológico.

 

5 passos para diminuir a poluição

 

Recicle: A reciclagem é a alternativa que mais contribui com o meio ambiente, pois reduz a extração dos recursos naturais que são retirados da natureza, poupa água e energia, além de contribuir com a diminuição do volume de lixo e evitar que eles sejam dispostos incorretamente. Recicle tudo o que puder: alumínio, papel, vidro, plástico e papelão são geralmente fáceis de reciclar. Quando você for jogar fora de substâncias à base de químicos, como tintas, pilhas, pesticidas ou solventes, busque um método ecológico seguro.

Consuma consciente: Reduza a quantidade de embalagens que você compra e a quantidade de lixo doméstico que você produz. O processo de fabricação geram emissões nocivas para a atmosfera. Opte por marcas que usam o mínimo de embalagens e sempre que possível reutilize-as. Quando for descartar, separe o lixo e destine-os adequadamente.

Compre alimentos orgânicos: os alimentos orgânicos são cultivados sem a aplicação excessiva de agrotóxicos e fertilizantes que contaminam o solo e acabam desembocando em rios, lagos e oceanos, prejudicando a vida aquática e a pesca. Além de serem melhor para o nosso organismo.

Poupe energia:  a economia de energia pode reduzir as emissões de carbono, pois a maioria das fontes de energia exigem a queima de combustíveis fósseis. Defina seus aparelhos e luzes em um timer para desligar após um determinado período de inatividade. Use lâmpadas fluorescentes compactas em vez de lâmpadas convencionais.

Reduza o tempo no carro: caronas ou usar o transporte público sempre que puder. Para distâncias mais curtas, caminhar ou andar de bicicleta para fazer alguma coisa. Quando tiver que dirigir, encha o tanque de gasolina durante épocas mais frias do dia para evitar que o derramamento de gás evapore na atmosfera. Evite acelerar rapidamente, frear forte e dirigir em alta velocidade, especialmente quando no tráfego pesado, para evitar o aumento de queima de combustível.