polímeros-plástico

Polímeros

 

Os plásticos são utilizados em quase tudo, desde embalagens a eletrônicos e peças de carros. Uma vez inutilizado, ele permanece por mais de 100 anos no meio ambiente.

Pesquisadores da Universidade da Dakota do Norte descobriram uma maneira de fazer um novo tipo de plástico que se decompõe e se degrada quando exposto a luz.

Os cientistas usaram um composto a partir da frutose – encontrado em frutas, para criar uma solução de moléculas que, em seguida, foi convertida em polímero, uma espécie de plástico.

Ao expor esse plástico à luz ultravioleta, durante três horas, iniciou-se um processo de degradação, que o reduziu de volta a mesma molécula utilizada em sua criação.

Plásticos comuns se degradam lentamente durante anos, liberando substâncias químicas capazes de contaminar o solo e a água. Quando queimados, sua fumaça tóxica contamina o ar.

A estratégia dos pesquisadores é criar um material que, além de utilizar biomassa (fonte renovável) e de ser facilmente degradado, também diminua o uso de combustíveis fósseis e de matéria-prima utilizados em sua fabricação, e assim, evitar os dados que um plástico comum pode causar a natureza.

Segundo os pesquisadores, mais estudos estão sendo feitos, para avaliar a durabilidade e resistência do plástico derivado da biomassa (frutose), antes de serem comercializados.

Nos próximos 2 anos, espera-se a possibilidade do uso do plástico na fabricação de eletrônicos, peças automotivas, entre outros produtos.

 

Fonte: ScienceDaily