trocar-garrafa-por-passagem-de-metrô

 

A coleta seletiva de lixo é um desafio para qualquer país e o descarte irregular de plásticos como garrafas PET são um deles. Para solucionar esse problema, a Incom, empresa de reciclagem de Pequim, desenvolveu uma tecnologia para incentivar os passageiros a reciclarem suas garrafas PET.

O projeto foi iniciado em 2012, onde foram instaladas 10 máquinas, divididas em estações de Metrô da cidade, essas máquinas permitem que o passageiro troque suas garrafas de água ou refrigerante, por passagens de metrô ou por créditos para o celular.

O processo é bem simples e leva menos de 1 minuto, basta inserir a garrada no local indicado, que através de um sensor, identifica o tamanho e o peso e determina qual valor será pago ao passageiro, que pode ser de 0,5 a 0,15 centavos por cada garrafa.

Graças ao sucesso das máquinas, com mais de 15 mil toneladas de garrafas recicladas a cada ano, a empresa decidiu ampliar e instalou em mais 34 estações de metrô, agora planeja expandir o programa de reciclagem para operar em mais 100 estações.

A criação das máquinas iniciou não só por questões ambientais, pois Pequim não tinha problema de reciclagem de plástico – que já atinge a taxa de 90% de garrafas PET recicladas. Isto aconteceu para que a Incom pudesse se desvencilhar dos inúmeros trabalhadores migrantes que escolheram coletar garrafas PET, por ser extremamente rentável na cidade, pois diferentes do Brasil, as empresas enxergam a reciclagem, como uma atividade altamente rentável.

Essas máquinas parecem ser uma ótima maneira de incentivar também os brasileiros e darmos uma solução ao descarte irregular desses resíduos, a fim de beneficiar principalmente o meio ambiente.