como-economizar-energia-no-horário-de-verão

 

Na primavera, os dias ficam mais longos e vão aumentando com a chegada do Verão, é justamente por esse motivo que o horário de verão foi criado. Implementado como uma medida de diminuição de energia elétrica, a ideia é adiantar o relógio em 1 hora para aproveitar mais a luminosidade natural que esse período proporciona.

 

Como você pode se beneficiar com horário de verão para economizar na conta de luz?

 

Iluminação

– Aproveite a luz natural. Abra cortinas e persianas para deixar a luz solar entrar, desta forma, enquanto houver iluminação, não será necessário acender as lâmpadas.

 

– Outra dica é utilizar lâmpadas mais econômicas como as fluorescentes.

 

– Vai reformar a casa? Opte por cores mais claras nas paredes, elas refletem melhor a luz natural, deixando o ambiente mais iluminado.

 

Chuveiro

O chuveiro é o grande vilão da conta de luz, responsável por grande parte da conta de luz.

 

– O ideal é que ele não seja utilizado em temperaturas altas, mude a estação para “verão” – temperatura baixa.

 

– Banhos mais curtos, além de economizarem energia elétrica, também economizam água.

 

Geladeira

– As geladeiras também podem se tornar um problema. Evite o “abre e fecha” constante, isso faz com que o ar frio escape e com isso o motor tende a utilizar mais força para refrigerá-la novamente. Isso também vale para a borracha das portas, que devem estar bem vedadas.

 

– Outra dica é não guardar alimentos ainda quentes na geladeira, isso faz com que ela trabalhe mais para refrigerar os alimentos, gastando mais energia.

 

– Se for comprar outra geladeira, opte sempre por aparelhos que tenham o selo A da Procel que, comprovadamente, gastam menos energia.

 

 Ar-condicionado

No calor ele é um grande aliado, porém se não utilizado de forma consciente, pode se tornar um vilão do desperdício de energia elétrica.

 

– O ar-condicionado dever utilizado apenas em ambientes fechados, pois a entrada de ar externo faz com que ele trabalhe mais para resfriar o ambiente interno;

 

– Deixá-lo em temperatura muito baixa o tempo todo nem sempre é a melhor opção. O ideal é utilizar a temperatura baixa apenas no início, até que o ambiente esteja confortável, depois regule a uma temperatura estável.

 

– Mantenha-o longe de lugares quentes, com incidência do sol. Lâmpadas e aparelhos eletrônicos também geram calor, desligue se não estiver utilizando. O calor demanda mais do ar-condicionado, fazendo-o trabalhar mais.

 

Para quem pensa em comprar um aparelho de ar-condicionado, verifique se a potência escolhida é suficiente para o ambiente que será refrigerado.