Parceria visa desenvolver e produzir o isopreno renovável, matéria prima derivada da cana de açúcar para a produção de pneus e outras aplicações de borracha.

 

pneu-e-borracha-derivados-da-cana-de-açúcar

 

A empresa Amyris que atua no setor de bioquímica, a petroquímica  Braskem e a fabricante de pneus Michelin anunciaram nessa Terça feira, dia 09 que a Braskem está se juntando a uma parceria já lançada em 2011 entre a Michelin e a Amyris para o desenvolvimento do isopreno renovável para a produção de pneus e outras aplicações de borracha. A junção dessas empresas foi iniciada para desenvolver uma alternativa sustentável á partir da utilização da cana de açúcar no processo de produção.

 

A empresa Amyris irá partilhar os seus direitos para comercializar a tecnologia isopreno renovável desenvolvido sob esta colaboração com a Braskem. Michelin manterá determinado acesso preferencial, mas não exclusivo para o isopreno renovável a ser produzido por esta tecnologia. As empresas não irão divulgar detalhes do acordo, incluindo as contribuições financeiras de cada uma das partes.

 

Este projeto conjunto com a Amyris e a Braskem, dará a Michelin uma alternativa sustentável para a produção de pneus de qualidade, proporcionando uma alta performance, utilizando um material ambientalmente responsável.

 

“Com esta nova parceria, unir forças com a Amyris e a Michelin no desenvolvimento de uma tecnologia inovadora que reforça o nosso compromisso de melhorar a vida das pessoas, criando soluções através da química sustentável”, disse Luciano Guidolin, vice-presidente de Poliolefinas e Renováveis ​​da Braskem.

 

 

Fonte: Braskem