A Pegada Ecológica de um país, de uma cidade ou de uma pessoa, corresponde ao tamanho das áreas produtivas de terra e do mar, necessárias para gerar produtos, bens e serviços que sustentam determinados estilos de vida (suas pegadas). Em outras palavras, a Pegada Ecológica é uma forma de traduzir, em hectares (ha), a extensão de território que uma pessoa ou toda uma sociedade “utiliza”, em média, para se sustentar. Já a biocapacidade, representa a capacidade dos ecossistemas em produzir recursos úteis e absorver os resíduos gerados pelo ser humano.

Todos os anos, a Global Footprint Network realiza as “contas nacionais da pegada”, que compara a demanda de mais de 200 países por recursos naturais (suas pegadas), contra o montante desses recursos disponíveis em suas fronteiras (biocapacidade). Com base nesses cálculos, a World Wildlife Fund divulgou o Relatório Planeta Vivo 2012, representando graficamente a pegada ecológica desses países.

 

Os países com maior pegada ecológica por pessoa são:

 

1. Qatar

Qatar

 

2. Kuwait

Kuwait 3

 

3. Emirados Árabes Unidos

emirados-arabes

 

4. Dinamarca

dinamarca

 

5. Estados Unidos

NEW-YORK

 

7. Bélgica

belgica

 

8. Austrália

Australia

 

9. Canadá

canada 3

 

10. Holanda

Holanda